<< Voltar pra Home

Consumidor



Varejo em 2023: conheça mais tendências para os próximos meses

16 de fevereiro de 2023
 - 
21:00
 - 
Bruno Marcon
Featured image for “Varejo em 2023: conheça mais tendências para os próximos meses”

Para além de tecnologias e inovações, é importante ter atenção às pessoas, colaboradores e comunidade

Em meio a um mercado cada vez mais digital, é comum listarmos dicas e tendências de inovação e digitalização das empresas. Porém, é necessário observar que o varejo, em geral, e os supermercados, em particular, são feitos por pessoas e para pessoas. Assim, elas devem estar no topo das preocupações dos gestores.

Por isso, trouxemos algumas reflexões que podem contribuir para a melhora da operação e para a monetização da empresa e, o melhor, não requerem um alto investimento!

Pessoas: voltar ao básico é a premissa para o ano de 2023. Oferta e procura são a essência do varejo, mas é preciso lembrar que a procura surge da necessidade, e pessoas estão por trás dessas necessidades. Mais do que estruturar uma loja ou espaço de vendas, a evolução do setor varejista caminha para a criação de um relacionamento estrito e personalizado com o público-alvo.
Questione-se: quem é meu cliente? O que ele está pedindo? Como eu passo sanar suas necessidades? Que dados eu posso coletar para entender o que ele precisa? Esses são questionamentos que devem ser sempre revistos pelo varejista e que colaboram para nortear uma estratégia de atuação muito mais assertiva.

Variados públicos diferem em seus interesses e muitas são as variáveis que definem as demandas para cada perfil de consumidor. Portanto, não basta estar preso a práticas comerciais pré-estabelecidas. A diversidade também se destacou entre as temáticas da NRF 2023 pois é fundamental analisarmos todos os públicos para que cada pessoa seja representada não só em campanhas de vendas, mas também no time de colaboradores. Quanto mais diverso o grupo, mais rico ele será. Pessoas amam marcas que amam pessoas.

Colaboradores: a atenção aos colaboradores também figura entre as tendências mais importantes para o futuro. Para Talita Dallmann, quem faz uma marca são as pessoas que trabalham nela. A equipe é tão importante quanto o cliente. Ela representa a empresa. É fundamental que as empresas invistam em evolução profissional e bem-estar. Compartilhar resultados e incluí-los nos processos do negócio também faz a diferença. O pensamento de que investir em profissionais não vale a pena, já que eles podem ir embora a qualquer momento, é ultrapassado. Funcionários que se sentem pertencentes e apoiados não deixam suas posições facilmente.
Lembre-se, também, que os colaboradores podem ser os principais influenciadores da sua marca.

Comunidade: regionalismo e vizinhança também é um tópico para se estar atento em 2023. O momento é para olhar para quem de fato frequenta a loja e quais as reivindicações dessa região. O que eu estou oferecendo para esta comunidade além do meu produto? Um bom caminho é promover eventos, encontros e ações que interessem para o perfil de público, agregando serviços.

Mais que uma loja, as marcas precisam pensar em maneiras de fomentar a convivência com os clientes, criar uma atmosfera em que o público seja atraído a viver experiências, como se fosse um verdadeiro clube. Isso acontece porque o ato de comprar precisa ser divertido e prazeroso. Espaços infantis incluem playgrounds e escorregadores em suas instalações para cativar as crianças, e por qual motivo não fazemos isso para os adultos? Os comerciantes podem e devem articular soluções que também criem essa sensação de playground para seus consumidores.


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

Bem-estar é nova tendência dos supermercados americanos

Estudos mostram que essa pode ser uma oportunidade para produtos de marca própria e serviços digitais Por Renato Müller Os…
Image

Grupo Carrefour Brasil lança gôndola com produtos feitos na Amazônia

Iniciativa exclusiva e em rede nacional, programa “Floresta Faz Bem” incentiva a venda de produtos produzidos por povos indígenas e…
Image

Casas de apostam investem R$ 550 milhões em camisas de clubes

Conhecidos como Bets, movimentam o mercado brasileiro e valorizam os times do país Com permissão para atuar no País desde…
Image

DM adquire carteira de clientes da Credz

Com a aquisição, a empresa amplia atuação, cresce em novos segmentos, e alcança mais de 3 milhões de lares brasileiros…