<< Voltar pra Home

Negócios



Programa de transição alimentar do Carrefour completa três anos com realizações expressivas

17 de outubro de 2021
 - 
23:43
 - 
Redação SuperHiper
Featured image for “Programa de transição alimentar do Carrefour completa três anos com realizações expressivas”

Conjunto de iniciativas visam oferecer alimentos saudáveis, sustentáveis e acessíveis. Conheça o saldo das ações alinhadas ao Act for Food

Há exatos três anos, o Grupo Carrefour se comprometeu com um grande desafio global: ser o líder da transição alimentar. Isso significa levar a todos os clientes, nos países em que está presente, a possibilidade de terem acesso fácil a uma alimentação saudável, sustentável e acessível, com atenção especial ao combate ao desperdício de alimentos.

Desde então, o Act for Food, compromisso que reúne todas as iniciativas nesse sentido, trouxe uma série de mudanças na forma como a rede atende seus clientes, rompendo as barreiras da falta de informação e facilitando o acesso a alimentos saudáveis e produzidos com responsabilidade socioambiental, que promove e respeita, ao mesmo tempo, as características regionais de cada país.

Como signatária do Pacto Global, a companhia se engaja para que esse compromisso caminhe lado a lado com a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), iniciativa liderada pela ONU. “Somos hoje o maior ecossistema do varejo alimentar no Brasil e temos um importante papel a cumprir com a sociedade brasileira, liderando a transição alimentar para o maior número possível de consumidores, entendendo e respeitando o estilo de vida e perfil de consumo de cada um deles”, destaca Lucio Vicente, diretor de Assuntos Corporativos e Sustentabilidade do Grupo Carrefour Brasil. “Nosso objetivo é ampliar a oferta de produtos e práticas mais saudáveis e sustentáveis para cada um de nós e para o planeta, oferecendo serviços e soluções, e sendo parceiro do consumidor brasileiro no processo de tornar a alimentação saudável e de qualidade acessível a todos”.

As mudanças já podem ser vistas em toda a cadeia produtiva que envolve o negócio do Grupo Carrefour no Brasil. Ao longo desses três anos, os Espaços Saudáveis, corredores que concentram a oferta dessa categoria de produtos, se multiplicaram nas lojas da rede: hoje, 94 hipermercados contam com esse espaço, oferecendo cerca de 3.500 opções de itens orgânicos e saudáveis.

No segmento de Marca Própria, a empresa lançou neste ano sua linha de orgânicos, o Carrefour Bio, que traz mais de 100 opções de produtos saudáveis e sustentáveis, com preços acessíveis e produzidos com responsabilidade socioambiental por pequenos e médios fornecedores. Com o lançamento, a marca própria passou a representar 20% das vendas de produtos orgânicos da rede no Brasil.

Em julho, o Grupo Carrefour Brasil, por meio da Fundação Carrefour, e a Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH) anunciaram o primeiro lote de carne 100% livre de desmatamento, rastreada do nascimento do bezerro até a prateleira do supermercado e com preço acessível. A iniciativa pioneira permite que os consumidores tenham acesso a informações por meio de um QR Code estampado na etiqueta do produto e é fruto de uma parceria iniciada em 2018, cujos investimentos somam mais de 3,5 milhões de euros aplicados em Mato Grosso, no Programa de Produção Sustentável de Bezerros.

O objetivo é a inclusão socioeconômica de 450 pequenos produtores, fornecendo assistência técnica, financeira e ambiental para o desenvolvimento de uma cadeia pecuária mais forte, economicamente viável e que resulte em um produto sustentável e de menor preço final.

No Brasil, o Carrefour também foi a primeira varejista alimentar a utilizar blockchain para fins de rastreabilidade de alimentos, em 2019. Hoje, a companhia trabalha com a tecnologia em suínos e cítricos (laranjas pêra, bahia, lima e tangerinas), do selo Sabor & Qualidade. Com essa inovação, os clientes acessam informações detalhadas e invioláveis sobre as etapas de produção e distribuição dos alimentos, com níveis máximos de segurança alimentar e transparência.

Em paralelo a essas ações e buscando ajudar o consumidor a fazer escolhas mais conscientes para a mudança de hábitos alimentares, o Carrefour lançou recentemente a ferramenta Nutri Escolha. A funcionalidade do aplicativo Meu Carrefour auxilia o consumidor a fazer escolhas de produtos mais equilibrados no âmbito nutricional e, ao mesmo tempo, mais baratos.

A novidade já está disponível no app da rede, tanto para Android quanto para iOS, além do site Carrefour.com, e já traz mais de 16 mil produtos, divididos entre 70 categorias de perecíveis e PGC – produtos de grande consumo. Futuramente outras funcionalidades e produtos serão agregados.

Na frente de combate ao desperdício, uma série de ações são realizadas nas lojas do Grupo Carrefour Brasil envolvendo desde o cuidado na exposição dos alimentos até a produção de coprodutos a partir de itens de boa qualidade, mas que seriam descartados – como pães franceses, baguetes e panetones sem condições de venda que são transformados em torradas e pão moído.

Em 2021, mais de 66 toneladas de alimentos foram reaproveitadas dessa forma. Além disso, o Carrefour e o Atacadão mantém, respectivamente, os projetos Únicos e Sansform, que vendem produtos fora do padrão estético, mas em perfeitas condições de consumo, com 20% de desconto.

Na busca por levar essa atenção ao desperdício de alimento também para a casa dos clientes, o CyberCook, plataforma de receitas do Grupo Carrefour Brasil, têm desempenhado uma função central. O projeto Cozinha Sustentável, lançado neste ano, traz uma série de conteúdos – gratuitos e online – pensados para estimular as pessoas a cozinharem com mais atenção à redução do desperdício de alimentos. Dentre esses conteúdos estão vídeos apresentados pelo famoso chef francês Laurent Suaudeau, que ensinam ao público habilidades básicas de cozinha e receitas feitas com foco na sustentabilidade.

Outra função da plataforma é o Índice Aproveitômetro, lançado em 2020, que consegue mensurar o valor poupado em cada preparo e, desta forma, quantificar o desperdício dos alimentos que sobram das receitas nos lares brasileiros.

Com esse levantamento, a plataforma constatou que de dezembro de 2019 a setembro de 2020 foram realizadas mais de 860 mil buscas de ingredientes que sobraram na funcionalidade “Aproveite o que Sobrou”, sendo que o valor economizado com o reaproveitamento de ingredientes seria superior a R$ 6 milhões, caso 100% dos alimentos buscados fossem aproveitados.

“Ao longo desses últimos anos, alcançamos importantes avanços no compromisso de tornar a alimentação saudável e sustentável acessível aos nossos clientes, mas ainda temos um longo caminho pela frente. Continuamos trabalhando incansavelmente rumo a esse objetivo e atentos a nossas diversas metas globais ligadas ao Act for Food, como a de reduzir em 50% o desperdício de alimentos até 2025”, finaliza Lucio Vicente.


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

Rede Dia estuda saída do Brasil devido a impacto negativo de suas contas

“Estamos avaliando diferentes opções estratégicas; não há nenhuma decisão tomada até o momento, mas será decidida ao longo do ano”,…
Image

Grupo Bahamas anuncia construção da sua segunda loja em Ituiutaba (MG)

“Estamos muito felizes em expandir nossa presença nessa cidade que tem um grande potencial de crescimento e que nos acolheu…
Image

SP: Sonda reinaugura loja no Boavista Shopping

Novo conceito empregado no estabelecimento proporciona maior experiência de compra, tornando-a mais confortável e agradável Seguindo com seu plano de…
Image

Páscoa: Lacta reforça portfólio para presentear com caixa de variedades comemorativa

Favoritos, Sonho de Valsa e Ouro Branco ganham edições especiais, com frases que expressam sentimentos Presentear é um dos atos…