<< Voltar pra Home

ESG



Lixo eletrônico é um dos principais desafios do ESG

28 de novembro de 2022
 - 
21:00
 - 
Bruno Marcon
Featured image for “Lixo eletrônico é um dos principais desafios do ESG”

Computadores antigos, smartphones e outros aparelhos viram relíquia no almoxarifado, mas representam um risco à cibersegurança e ao meio ambiente

Para se adequar às novas diretrizes de sustentabilidade, muitas empresas substituem equipamentos antigos por modelos mais novos e econômicos. No entanto, o que fazer com os antigos equipamentos de ar-condicionado, computadores e outros aparelhos? De acordo com a cooperativa de resíduos eletrônicos, Coopermiti, grande parte dos grupos empresariais ainda preferem armazenar o lixo eletrônico nos almoxarifados por falta de uma cultura de descarte regular de peças e dos dados armazenados.

Do ponto de vista ambiental, a criação de “museus de equipamentos antigos” ou o descarte irregular, já são pontos de atenção. Porém, a questão de cibersegurança também não pode ser ignorada, já que os aparelhos podem guardar dados sensíveis.

O que fazer com o lixo eletrônico nas empresas?

O destino mais seguro para estes componentes é a reciclagem. Diversas empresas e cooperativas oferecem esse tipo de serviço. Em São Paulo, a Coopermiti mantêm parceria com a Prefeitura da capital para receber e oferecer a destinação correta deste tipo de resíduo.

A transação é regulamentada: de acordo com a Lei n°12.305, ao realizar a troca de certos produtos, é obrigatório manter documentos que comprovem a efetiva destinação ou reciclagem. É necessário emitir o Laudo Técnico de Manufatura Reversa e Gestão dos Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos com rastreabilidade e a ação ainda pode se reverter em Índices Sociais e Ambientais para a empresa.

Cibersegurança do lixo eletrônico

Também é necessário garantir a segurança dos dados que possam estar armazenados nos aparelhos. Para cada descarte de pessoa jurídica é necessário emitir um Termo de Responsabilidade e para alguns itens oferece o serviço de destruição segura de dados com emissão do laudo.

O principal desafio é implementar uma cultura de sustentabilidade dentro das empresas de ponta a ponta, desde a compra de equipamentos até o descarte. A reciclagem de lixo eletrônico é importante para o meio ambiente, mas não precisa ser um obstáculo para os negócios, pelo contrário, uma política ESG eficiente, beneficia a comunidade e fortalece a marca.


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

Satisfação do consumidor em abril atinge 77,95% na região Centro-Oeste do País

Indicador INSV-Consumidor acompanha as manifestações dos clientes a respeito das suas experiências nos supermercados Em abril, o Índice Nacional de…
Image

#AjudaSul: Grupo Comercial Villa Simpatia adere ao “SOS Rio Grande do Sul”

Campanha incentiva venda de produtos gaúchos para contribuir com a recuperação da economia local Para ajudar os produtores do Rio…
Image

Hummer cria nova identidade visual em homenagem ao Time Brasil

Marca centenária lançou uma edição especial com o logo em comemoração ao patrocínio aos Jogos Olímpicos de Paris 2024 A…
Image

WhatsApp: Prezunic anuncia novas funcionalidades para compras no app

Clientes podem enviar imagens de listas escritas à mão, fotos de produtos ou solicitar os itens por voz O Prezunic…