<< Voltar pra Home

Consumidor



E o tal Chat GPT?

31 de março de 2023
 - 
16:00
 - 
Redação SuperHiper
Featured image for “E o tal Chat GPT?”

Muito falada atualmente, a solução está chamando a atenção do varejo

O Chat GPT é o exemplo de Inteligência artificial mais recente. Chamada de “modelo de linguagem”, ela é capaz de gerar respostas coerentes e naturais a perguntas ou declarações feitas por usuários. Dentro de interações entre consumidores e marcas, pode ser usada para diferentes tarefas, incluindo atendimento ao cliente, assistência virtual, geração de conteúdo e muito mais.

A novidade já foi testada por 6% dos brasileiros que buscaram conhecer na prática sua utilidade. Entre as pessoas que já utilizaram, 85% pretendem manter o uso do Chat GPT, sendo que 51% usarão apenas se aparecer alguma necessidade; 27%, se for o uso for gratuito; e 7% mesmo que se torne uma ferramenta paga. 8% provavelmente não vão usar e 7% com certeza não irão utilizar.

O interesse no uso do Chat GPT foi conduzido principalmente pela curiosidade (54%) e para testar se a ferramenta mantinha uma conversa (19%). Entre outros interesses, também para tirar dúvidas (48%); fazer buscas (33%) ou corrigir um código de computador (8%). A ferramenta, que promete desenvolver textos, também foi usada com essa finalidade, seja para tradução (21%); melhorar ou corrigir um conteúdo textual (19%); escrever textos maiores (13%) ou para redigir carta ou e-mail (5%).

Interação e relacionamento

As marcas podem se beneficiar com o Chat GPT ao se relacionar com os consumidores, mas o uso requer cuidados com a linguagem e entendimento. Os brasileiros gostam e aderem às novas tecnologias, mas é essencial que a marca treine seu modelo para que essa interação faça sentido na relação com o seu cliente. Assim, inserir a Inteligência Artificial requer manutenção constante do aprendizado do sistema, uma curadoria qualificada para validar e aprimorar os conteúdos produzidos e uma análise importante dos dados coletados para gerar maior identificação dos consumidores com a marca, mesmo que seja por meio de um robô.

Para 52% dos brasileiros, o uso do Chat GPT é aprovado desde que as respostas sejam de fácil entendimento; 43% querem ser entendidos em suas demandas; e 39% desejam ser ouvidos em suas reclamações. Para melhorar o atendimento, 33% querem ser reconhecidos e que seu histórico junto à marca agilize a comunicação. Aqui é claro o GAP nas relações que essa tecnologia pode ajudar a reduzir.
Além disso, 42% acreditam que as marcas podem usar a ferramenta ajudando e/ou ensinando a usar melhor os produtos ou como um manual de uso, para 31%.

Quanto à personalização, 31% querem receber indicações de produtos e serviços que combinem com seus interesses, e no momento certo; 30% desejam receber avisos sobre novidades ou promoções dentro de acordo com seus interesses; e 16% que sejam criados novos produtos com os quais se identifiquem.

Compras online

O lançamento do ChatGPT-4 representou a chegada de uma nova era da inteligência artificial no mundo das compras online. A ferramenta pode otimizar a jornada de compra no e-commerce por meio da inteligência de dados, que possibilitará entender e responder às necessidades dos consumidores com mais precisão. O mercado já acompanha de perto as movimentações da plataforma que tem potencial para revolucionar a maneira como interagimos e compramos, por isso apontamos as principais projeçõs do ChatGPT nas compras digitais:

  • Otimização de recomendações de produtos na loja virtual
    O ChatGPT é capaz de otimizar a jornada de compra do consumidor no comércio eletrônico. A ferramenta tem o potencial de gerar recomendações de produtos baseadas no histórico de compras feitas pelo cliente na internet. Com isso, pode oferecer sugestões assertivas com base nos produtos existentes na loja, potencializando as chances de fidelização do consumidor, que encontrará o que procura com muito mais facilidade e agilidade.
  • Facilitar operações de estoque e devolução
    Outra grande facilidade que o ChatGPT poderá oferecer para as compras onlines é simplificar os processos de devolução e de controle de estoque. Ele poderá enviar respostas detalhadas sobre o processo de devolução dos produtos e até mesmo comprovar documentos ou informações necessárias. Já no estoque, a ferramenta será útil para informar os clientes sobre condições de armazenamento e quantidade de produtos disponíveis em tempo real.

As empresas podem e devem se valer dos avanços e da inovação, sempre tendo as pessoas que buscam solução para uma demanda no centro do processo. Para isso, é importante que o processo de construção seja feita e constantemente aprimorada por uma equipe de supervisão e curadoria capacitada, além de bons profissionais de leitura de dados para aprimorar discursos, aperfeiçoar a interface, além de entender e conhecer o tom da marca.

Com informações da Hibou e Yamp


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

Rede americana cria centros de inovação em cada loja

Com estratégia de expansão com lojas menores, Sprouts Farmers Market acelera inovação para responder às demandas dos clientes Encontrar respostas…
Image

Grupo Vanguarda realiza o Super Líder 2023 e apresenta metas para 2024

Cinco lojas foram premiadas e consideradas as melhores do ano, alcançando níveis de desempenho extraordinários, superando metas e rompendo barreiras…
Image

Ypê anuncia novo diretor digital e canais especiais

“Após atuar em multinacionais, hoje tenho orgulho de fazer parte de uma empresa 100% nacional”, declarou Alexandre Gyurkovits A Ypê,…
Image

Skyone recebe aporte de R$ 60 milhões

Investimento foi realizado pelo fundo de Venture Capital Bewater e será utilizado para expansão da scale-up A Skyone, líder no…