<< Voltar pra Home

Consumidor



Cerveja pode bater recorde com verão e Copa do Mundo

6 de novembro de 2022
 - 
22:26
 - 
Bruno Marcon
Featured image for “Cerveja pode bater recorde com verão e Copa do Mundo”

Indústria aposta em vendas superiores ao ano passado quando a produção brasileira superou os limites

O Brasil caminha para superar em 2022 seu recorde de produção de cerveja apresentado em 2021, ano em que vários canais de venda foram retomados após as restrições de operação provocadas pela pandemia da Covid 19.

Até o terceiro trimestre de 2022 o setor cervejeiro já ultrapassou a marca de 11 bilhões de litros de cerveja produzidos, 3% acima de igual período do ano passado.

A informação foi publicada por Lauro Jardim a partir de fontes de mercado, confirmando a continuidade do avanço de mercado da bebida no país este ano.

Com o verão que incluirá uma uma Copa do Mundo a frente, a projeção é que o Brasil ultrapasse o volume de vendas alcançado para a cerveja em 2021, o que já foi um recorde dentro dos últimos anos.

O ano de 2021 marcou uma forte retomada dentro de um período ainda com muitas restrições a bares e restaurantes e sem a ocorrência de grandes eventos devido a pandemia, o que levou a uma ampliação de compras para consumo no domicílio.

Apresentando o primeiro ano com todas as ocasiões de consumo recompostas e ainda adicionalmente uma Copa do Mundo no verão, a projeção é de que o Brasil chegue a marca de 15,2 bilhões de litros de cerveja vendidos em 2022, revela Felipe Freitas, engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação Tecnológica pela EQ/UFRJ e analista do mercado de cerveja.

Expansão de vendas de cerveja atrai players internacionais e reforça domínio da Ambev

O crescimento de vendas no Brasil somado a tendência de premiunização do setor tem desdobrado diferentes dinâmicas no mercado nacional.

Por um lado a Ambev tem ampliado seu domínio graças a gestão de portfólio somado ao investimento em inovações que tem agregado tecnologia a diferentes pontos da cadeia, com destaque para a construção de estratégia baseada em dados.

Por outro lado, o foco dos grandes concorrentes na categoria premium, segmento que mais cresce no país, tem trazido novos atores para o jogo como a Coca Cola que agora possui produção própria da Cerveja Therezópolis , combinada com sua antiga estratégia de distribuição de produtos Heineken e agora também de Estrella Galicia.

A marca espanhola Estrela Galícia também está modificando a sua atuação no país e iniciou a construção de sua primeira fábrica no Brasil após muitos anos de especulação, visando ampliar seu volume no mercado premium brasileiro e tirar proveito do avanço do setor cervejeiro nacional.



Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

“Pessoas é um dos pilares de toda empresa”, diz Pedro Alves, do Supermercados Galassi

Painel da Comunidade Pessoas do Smart Market 2024 contou com a presença de grandes executivos do setor supermercadista brasileiro Moderado…
Image

Minimercados chegam a empresas, shoppings e hotéis

Rede SmartStore já tem 8% de suas unidades instaladas nesses espaços e projeta aumento de 17% até o final do…
Image

Em processo de expansão, COOP anuncia nova unidade em Diadema

Com investimento na ordem de R$ 8 milhões, empreendimento contará com uma área de vendas de 2100 metros quadrados e…
Image

Gomes da Costa celebra 70 anos com três lançamentos exclusivos

Edição limitada, e com sabores exclusivos, chega em embalagem comemorativa e já pode ser encontrada em todo o Brasil A…