<< Voltar pra Home

Consumidor



Vender pelo WhatsApp é comum em 84% das empresas

12 de março de 2023
 - 
21:00
 - 
Redação SuperHiper
Featured image for “Vender pelo WhatsApp é comum em 84% das empresas”

A ferramenta é utilizada não apenas para vendas mais ágeis mas, também, para nutrir relações via marketing digital

Pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), o WhatsApp é utilizado por 84% dos negócios que vendem de forma digital. Outro estudo, da Mobile Time/Opinion Box mostra que 78% dos entrevistados que têm o aplicativo, usam para se comunicar com marcas.
Assim, filas longas e cansativas vão ficando para trás, dando lugar a diálogos on-line, ágeis, otimizados e eficientes.

Essa aproximação das empresas que fomentam a comunicação com os pequenos negócios vem à tona em um momento oportuno. Desde o início da pandemia de Covid-19, pequenos e médios empresários brasileiros precisaram passar por um processo de adaptação à nova realidade de transformações digitais. Após esse período, essa necessidade de adaptação se transformou em uma oportunidade de crescimento, que tem alavancado vários negócios por meio dos canais digitais de comunicação e das redes sociais, principalmente o WhatsApp.

Mesmo com uma grande oferta de ferramentas e plataformas que podem desempenhar o mesmo papel, o custo atrelado a elas nem sempre viabiliza o uso. Tanto que 70% das empresas nunca utilizaram outras plataformas on-line de atendimento e 20% ainda não têm presença em redes sociais como Instagram ou Facebook.

Opções ao WhatsApp existem e são eficientes

Algumas soluções são inovadoras e estáveis e possibilitam, por exemplo, ntegrar as principais redes sociais de forma ilimitada, com anúncios de mídia paga, catálogos de produtos, carrinhos de compras, controle de vendas com relatórios gerenciais, chatbots, disparador de mensagens em massa e integrações entre ferramentas.

São empresas que ajudam outras a anunciar, atender e vender por meio dos canais digitais de comunicação, fazendo com que esse grupo de empreendedores acesse configurações anteriormente disponíveis apenas às empresas de maior porte.

O avanço da tecnologia e o interesse das empresas do setor tornam mais democráticas as relações on-line, transformando uma simples mensagem no telefone em algo extremamente potente, gerando resultado e negócios, alcançando pessoas nos mais diversos horários, lugares e momentos. Reconhecer a importância de estar presente nos meios digitais é o primeiro passo. Aprender a gerir as contas é apenas consequência.

Fontes: Alberto Filho (CEO), Saulo Daniel (CTO) e Gabriel Henrique (CIO), da Poli


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

Sainsbury’s fecha acordo para reforçar foodservice em suas lojas

Rede britânica de supermercados faz parceria com a Costa Coffee para desenvolver operações store-in-store em supermercados Renato Müller A rede…
Image

Redes fazem processo seletivo para novas inaugurações

Serão 1400 vagas disponibilizadas pela Rede Assaí para todo País e 140 posições para a segunda loja Komprão de São…
Image

Pós-NRF’24 ABRAS: Conteúdo é estímulo e gera venda

Em palestra, Alberto Serrentino sinaliza ao público que a informação está mudando a forma de comprar Na última terça-feira, 20,…
Image

Carrefour apresenta balanço de 2023 com foco na reestruturação de lojas

Mercado vê mudanças de forma positiva, com o grupo “arrumando a casa” após aquisição do Grupo BIG O Grupo Carrefour…