<< Voltar pra Home

Destaques



Supermercados consumiram mais eletricidade em 2023, aponta pesquisa

1 de março de 2024
 - 
09:00
 - 
Redação SuperHiper
Featured image for “Supermercados consumiram mais eletricidade em 2023, aponta pesquisa”

Saiba como baratear a fatura com o Mercado Livre de Energia

Oferecido por AES Brasil

Levantamento da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) mostra que o consumo nos lares brasileiros cresceu 3,09% em 2023, e deve seguir a tendência de alta em 2024. Como reflexo, o número de lojas no setor de supermercados aumentou 31% no mesmo ano, em comparação com 2022 — foram 666 novas unidades.

Outro aumento registrado em 2023 referente ao setor foi no consumo de energia das lojas, que subiu 11% comparado a 2022 (considerando o consumo de janeiro a setembro), conforme dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). No ranking de consumo do órgão, por setores, os supermercados ocupam atualmente o oitavo lugar em uma lista com 50 categorias no total — atrás apenas de grandes ramos da indústria, como produtos químicos, metalurgia, siderurgia, papel e celulose.

Considerando que a energia está entre os cinco maiores custos das empresas, a abertura do Mercado Livre de Energia representa uma grande oportunidade para os supermercados economizarem na fatura e terem maior competitividade.

Desde 1º de janeiro de 2024, podem migrar empresas conectadas à alta tensão ou atendidas pelos sistemas subterrâneos, com demandas inferiores a 500 kW. São supermercados, padarias e condomínios, por exemplo, com contas de energia em torno dos R$ 5 mil mensais.

Atualmente, cerca de 400 grupos empresariais do setor estão no Mercado Livre de Energia, onde o consumidor tem a liberdade de escolher o fornecedor e negociar diretamente preços, prazos, demanda e outras questões comerciais. O valor da energia e o índice de reajuste anual são definidos em contrato, e as empresas ficam livres de surpresas com bandeiras tarifárias ou correções que aumentam a conta de energia.

Energia mais barata e maior previsibilidade

A economia na fatura de energia das empresas que migram para o ambiente de contratação livre fica em torno de 35%, a depender da região onde estão localizadas. Mas as vantagens vão além da energia mais barata.

Como tudo é negociado diretamente com o fornecedor e definido previamente em contrato, é possível ter maior previsibilidade nos gastos com energia. Os contratos são mais flexíveis e podem ser fechados sob medida para as demandas de eletricidade de cada negócio, considerando sazonalidades, por exemplo.

Para usufruir do maior número de vantagens do Mercado Livre de Energia e reduzir ao máximo os riscos, é preciso escolher um fornecedor com expertise, solidez e transparência. No caso da AES Brasil, uma equipe de especialistas faz um estudo de viabilidade da migração e elabora, junto com o cliente, o contrato mais atrativo para aquele tipo de negócio.

Subsidiária da AES Corporation, uma das maiores empresas de energia dos Estados Unidos, a AES Brasil tem 25 anos de atuação no setor elétrico brasileiro e trabalha somente com energia de fontes 100% renováveis e certificadas, contribuindo para impulsionar as metas de sustentabilidade dos seus clientes, o que melhora a reputação das empresas diante do mercado e da sociedade.

Tem interesse em migrar sua rede ou o seu supermercado para o Mercado Livre de Energia? Acesse migremercadolivre.com.br.


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

Bem-estar é nova tendência dos supermercados americanos

Estudos mostram que essa pode ser uma oportunidade para produtos de marca própria e serviços digitais Por Renato Müller Os…
Image

Grupo Carrefour Brasil lança gôndola com produtos feitos na Amazônia

Iniciativa exclusiva e em rede nacional, programa “Floresta Faz Bem” incentiva a venda de produtos produzidos por povos indígenas e…
Image

Casas de apostam investem R$ 550 milhões em camisas de clubes

Conhecidos como Bets, movimentam o mercado brasileiro e valorizam os times do país Com permissão para atuar no País desde…
Image

DM adquire carteira de clientes da Credz

Com a aquisição, a empresa amplia atuação, cresce em novos segmentos, e alcança mais de 3 milhões de lares brasileiros…