Home SeçõesDestaques Refeição de supermercado: foodservice aumenta no varejo

Refeição de supermercado: foodservice aumenta no varejo

De Redação SuperHiper
0 Comente

Um a cada cinco consumidores substituem refeições em restaurantes por comidas prontas do supermercado

Com uma rotina agitada e muitas vezes sem tempo para preparar suas próprias refeições, os consumidores estão em busca de opções para se alimentarem com comidas prontas, e está é uma boa oportunidade para os supermercados, já que a maioria dos consumidores costumam ir, pelo menos, uma vez na semana para se abastecer ou fazerem alguma compra de reposição. De acordo com relatório Food Insdustry Association (FMI), The Power of Foodservice at Retail 2023, um a cada quatro cliente (25%) substitui as opções de restaurantes pelo foodservice,  ou seja, comidas prontas, representando um aumento de 17% comparado ao ano anterior.

E, mesmo para aqueles que preparam sus próprias refeições, 50% afirmam mesclar entre comida caseira e comida já pronta, segundo pesquisa do Marketforce. “Os compradores estão criando refeições híbridas, que incluem alguns itens pré-preparados. Esta abordagem de refeição híbrida significa que os compradores querem conveniência e experiência e estão encontrando isso nos departamentos de foodservice, delicatessen e padaria,” explica o vice-presidente de alimentos frescos da FMI, Rick Stein, em comunicado.

Para essa modalidade, o custo é um fator importante para 47% dos shoppers, apontou o FMI. Para os consumidores híbridos, as opções de almoço preparado em delicatassen é o mais atrativo. Ainda, 65% das pessoas priorizam por opções nutritivas e saudáveis em suas escolhas, além de outros fatores que as pessoas priorizam, como vocês podem ver a seguir:

Além disso, uma pesquisa da NielsenIQ aponta que a compra de itens delicatassen cresceram 4,2% nos Estados Unidos, o que representa um valor de US$ 49,9 bilhões. Ainda, a penetração domiciliar do serviço de foodservice foi mais de 70%. Essa tendência irá continuar e se fortalecer para os próximos anos, e os dados provam isso: cerca de 68% dos clientes irão continuar consumindo nessa modalidade, e um a cada cinco, querem aumentar a compra.

“Os varejistas precisam adotar uma mentalidade semelhante à de um restaurante para serviços de alimentação e delicatessen. Apresentar recursos que os compradores apreciam, incluindo pedidos on-line, coleta e entrega fáceis, para aumentar o fator conveniência”, finaliza Stein.

Fonte: Grocery Business, Progressive Grocer e FMI

Leia Também

Super atualizada. Hiper Conectada

Publicação oficial da  Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS)

Sobre

SuperHiper é a publicação oficial do setor supermercadista, produzida pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) há 48 anos. É uma importante ferramenta utilizada pela entidade para compartilhar informações e conhecimento com todas as empresas do autosserviço nacional, prática totalmente alinhada à sua missão de representar e desenvolver os supermercados brasileiros.

Siga-nos

@2024 – SuperHiper. Todos os direitos reservados.