<< Voltar pra Home

Negócios



Planejar a logística para a Black Friday minimiza perdas

12 de outubro de 2022
 - 
22:13
 - 
Bruno Marcon
Featured image for “Planejar a logística para a Black Friday minimiza perdas”

Especialista dá dicas para trabalhar melhor a data que terá maior participação dos shoppers

De acordo com a pesquisa “Black Friday 2022: termômetro de consumo”, este ano, 50% dos consumidores brasileiros pretendem comprar algum produto na Black Friday. Estudos mostram uma expectativa de que em 2022, o crescimento do número de vendas online no Brasil, alcance a marca de 20% ao ano, chegando em R$ 264 bilhões de reais.

Neste cenário, Stefan Rehm, CSO (Chief Strategy Officer) do Grupo Intelipost – maior grupo de tecnologia logística do Brasil – alerta que os varejistas que integram o comércio eletrônico e pretendem realizar muitas vendas durante a Black Friday, precisam começar um planejamento cuidadoso com bastante antecedência, algo em torno de 3 meses para passar pela data com tranquilidade e oferecer um bom serviço de entrega.

“É preciso alinhar níveis de estoque com fornecedores e elaborar um plano de contingência nos casos de possíveis adversidades. Além disso, é recomendado adotar estratégias de frete que colaborem com o aumento de conversão de vendas a partir de campanhas bem estruturadas e claro, priorizar a otimização do fluxo de envios”, justifica.

De acordo com a pesquisa “O que os Consumidores Esperam de Uma Entrega Perfeita”, elaborada pelo Grupo Intelipost, confiabilidade de marca, valor do frete e flexibilidade nos prazos, estão entre os principais fatores para uma boa experiência e, segundo ele, para proporcionar esses aspectos, além de pensar na cadeia logística de ponta a ponta, os varejistas precisam focar na experiência do consumidor, assegurar maior autonomia e conveniência por meio de agilidade e flexibilidade nas modalidades de entrega.

“Para se destacar no mercado pulverizado e com alta competitividade, a adoção de tecnologias inteligentes que simplificam os processos logísticos é a melhor estratégia para garantir uma operação mais econômica e eficiente”, comenta o CSO.

Segundo o executivo, um fator que colabora para confiabilidade e custo de frete, são as tecnologias de roteirização baseadas em Inteligência Artificial (IA), que contribuem com a redução de quilometragem e otimização de frota por meio de parâmetros e variáveis que geram rotas inteligentes, assegurando entregas mais velozes e sustentáveis.

Ainda em relação ao frete, Rehm destaca que cerca de 62% dos abandonos de carrinho acontecem na página de checkout, quando o consumidor insere o CEP e confirma o valor do frete a ser pago e que, somente no primeiro semestre de 2021, foi registrado aumento de 49% na oferta de frete grátis, o que mostra que este tópico já está consolidado como diferencial competitivo na experiência de compra.

“Nesse aspecto, ferramentas como um sistema de gestão de transporte, podem ser um ótimo investimento para alavancar as vendas, já que estas soluções possibilitam a criação de regras de frete personalizáveis de acordo com determinada região, tipo de cliente ou categoria de produto”, aponta o CSO.

Outro tópico que no relatório “O que os Consumidores Esperam de Uma Entrega Perfeita”, aparece entre os principais fatores para uma boa experiência é a diversidade nas modalidades de entrega. Nessa perspectiva,ele destaca que dentre os modelos que não podem faltar estão o ship from store, quando a loja física é transformada em um ponto de distribuição e faz uso do estoque para atender as demandas de compras online; o modelo de click and collect, quando o consumidor realiza a compra online e retira o produto em loja; e as estratégias de same day delivery e next day, que são modalidades expressas, geralmente com algum custo diferenciado e que oferecem mais velocidade para quem precisa de uma entrega mais rápida.

Outro modelo que é destacado pelo CSO do Grupo Intelipost, são os pick-up points, que de acordo com executivo, são tendência no mercado logístico. “As estratégias de redes de pontos de retirada são uma solução para baratear custos logísticos e melhorar a experiência do consumidor final, já que são situados em locais estratégicos e de grande circulação. Nesse modelo, o consumidor adquire o produto em um e-commerce e opta por retirar o produto em alguma loja física parceira, pré-cadastrada para essa finalidade”, comenta.

Para a Black Friday 2022, o Grupo Intelipost já tem um planejamento pronto para garantir a melhor operação logística junto aos parceiros. Além de um plano de comunicação ativo, tanto com as transportadoras como com as varejistas, para a realização de entregas perfeitas dentro do prazo, a corporação dispõe de um cronograma de testes técnicos de stress para assegurar que nenhum dos parceiros sofram com indisponibilidades do sistema.

“Esperamos impulsionar a logística do país, por meio de inteligência logística, agilizando os processos e gerando economia para as empresas”, finaliza o empresário.


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

RJ: Supermarket Recreio investe em modernização e reforma loja

Empreendimento passou a contar com um ambiente mais amplo e organizado, com setores como hortifruti, adega e padaria modernizada A…
Image

Assaí inaugura, em Vitória, a sua segunda loja no Espírito Santo

Empreendimento capixaba gerou 500 empregos diretos e indiretos e conta com vagas para recarregamento gratuito de carros elétricos O Assaí…
Image

Grupo Koch abre 150 vagas para Centro de Distribuição em Tijucas (SC)

“Há muitos benefícios como vale-compras, planos de saúde e odontológico, entre outros”, declarou o gerente executivo de RH da empresa,…
Image

Dia Mundial do Café: mais do que uma bebida, uma paixão nacional

Supermercadistas te convidam a descobrir os diferentes tipos de café, modos de preparo e uma receita refrescante para celebrar a…