<< Voltar pra Home

Consumidor



Ovos de Páscoa devem seguir regras de rotulagem

4 de abril de 2023
 - 
20:00
 - 
Bruno Marcon
Featured image for “Ovos de Páscoa devem seguir regras de rotulagem”

Anvisa credita que as informações do rótulo ajudam consumidores a fazerem escolhas mais conscientes

Considerada a maior inovação das novas regras de rotulagem, a tabela nutricional frontal é um símbolo informativo que deve constar na frente da embalagem, na parte superior, por ser uma área facilmente capturada pelo olhar. A ideia é informar ao consumidor, de forma nítida e simples, sobre o alto conteúdo de nutrientes que têm relevância para a saúde.

“As empresas devem se adequar às normas da Anvisa. Nessa rotulagem é preciso ter, de forma simples e clara, a denominação do produto, a lista de ingredientes, a identificação da origem e as instruções de conservação e uso, além do prazo de validade. Também é preciso declarar a presença de substâncias alergênicas, a advertência de lactose e a utilização de nova fórmula, entre outros”, explica Jhonathan Andrade, professor de Nutrição no UniCuritiba, instituição que faz parte da Ânima Educação, uma das maiores instituições de ensino superior privado do país.

Além das normas de rotulagem nutricional, os fabricantes de alimentos, incluindo ovos de Páscoa, devem observar as regras estabelecidas na Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 727/2022, que dispõe sobre a rotulagem dos alimentos embalados.

Direito do consumidor

“A informação nutricional é um direito básico de informação, prevista na legislação de consumo. O consumidor tem que ser adequadamente informado antes da decisão de comprar qualquer produto”, pontua Eros Belin de Moura Cordeiro, professor de Direito do Consumidor no UniCuritiba.

O objetivo da Anvisa é facilitar a compreensão das informações nutricionais presentes nos rótulos dos alimentos e assim auxiliar o consumidor a realizar escolhas alimentares mais conscientes.

“Essa ação tem como objetivo minorar os riscos de doenças ligadas ao sobrepeso e à obesidade. A normativa padroniza o documento de informações nutricionais, que é um direito do consumidor. Quando o consumidor adquire o produto, tem direito a ter ciência do valor nutricional dos seus alimentos e de como eles impactam na sua saúde. Essa resolução apenas melhora as normas que já existem no sistema brasileiro”, destaca Cordeiro.

Para os chocolates e ovos de Páscoa que já foram comercializados antes de 9 de outubro de 2022, o prazo de adequação aos requisitos da nova regulamentação sobre rotulagem nutricional termina no dia 9 de outubro de 2023 para a grande maioria dos fabricantes.

Apenas os pequenos fabricantes (microempreendedores individuais, agricultores familiares, produtores artesanais) terão um prazo adicional de um ano, ou seja, até 9 de outubro de 2024.


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

Grupo Meu Prata inaugura loja em Belo Horizonte (MG)

Com área de 420 metros quadrados, o estabelecimento conta com estacionamento amplo para clientes e quatro caixas para atendimento O…
Image

Grupo Savegnago recebe certificado de logística sustentável

Certificação da CHEP, empresa global líder em gestão e transporte, tem reconhecimento internacional e apresenta os benefícios ambientais da operação…
Image

Reckitt Comercial anuncia Alan Smelstein como novo Diretor de Vendas

Profissional vai liderar uma equipe de 200 pessoas espalhadas pelo País, dedicadas a desenvolver, junto com aos clientes, as categorias…
Image

#AjudaSul: itens produzidos no RS seguem em destaque nas redes supermercadistas

Como forma de ajudar na recuperação da economia local, prateleiras com itens oriundos do estado gaúcho foram instaladas em diversas…