<< Voltar pra Home

Internacional



Excelência na loja física impulsiona supermercados no mundo digital

30 de maio de 2022
 - 
21:07
 - 
Redação SuperHiper
Featured image for “Excelência na loja física impulsiona supermercados no mundo digital”

Estudo aponta forte correlação entre o bom desempenho dos supermercados no varejo físico e sua performance digital

Os supermercados com melhor desempenho nas vendas em lojas físicas tendem a ser os melhores no mundo digital. Essa é a conclusão de um estudo realizado pela consultoria americana Brick Meets Click com 950 lojas de 45 bandeiras de supermercados.

Segundo o levantamento eGrocery Performance Benchmarking 2021 Wave, os supermercados físicos que ficam entre os 25% melhores em desempenho vendem em média US$ 43.895 por semana no online, 6,3 vezes mais que a mediana das demais lojas (US$ 6.934). Os varejistas no segundo quartil de desempenho tiveram uma média de vendas semanal de US$ 15.620, número que cai para US$ 6.663 no terceiro quartil e apenas US$ 2.092 entre as 25% piores empresas.

O estudo mostra que o desempenho muito mais forte das melhores supermercadistas decorre de um valor médio de pedido (AOV, na sigla em inglês) 46% maior: US$ 126 por pedido, contra US$ 86 nas empresas de pior performance. Uma das razões para o tíquete médio mais elevado pode estar na venda de bebidas alcoólicas, uma vez que a categoria está presente em 90% das empresas de melhor desempenho e em apenas 60% nas menos competitivas.

O omnichannel também é um fator importante: o grupo das empresas de melhor desempenho tem 1,5 vezes mais possibilidade de oferecer serviços como o “clique e retire” e o delivery (67% contra 44%). Mesmo entre as empresas de melhor desempenho, existe uma diferença sensível de performance a favor de quem é omnichannel: as supermercadistas que oferecem delivery e “clique e retire” têm vendas médias semanais 39% mais altas que as empresas que não contam com essas possibilidades. Já entre as empresas com desempenho mais fraco, ser omnichannel não trouxe grandes diferenças em desempenho.

Um ponto interessante e contraintuitivo é o fato de que as lojas de melhor desempenho localizadas em áreas menos populosas tiveram um desempenho superior às suas congêneres em áreas mais adensadas. Entre as varejistas do grupo das 25% melhores, lojas em CEPs com menos de 10 mil habitantes tiveram vendas online 31% maiores que aquelas em áreas com população acima de 40 mil pessoas. “Os dados mostram que a excelência nas vendas online exige uma estratégia sólida e uma execução perfeita, impulsionada pela integração com as lojas físicas”, afirma David Bishop, sócio da Brick Meets Click.


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

Rede Dia estuda saída do Brasil devido a impacto negativo de suas contas

“Estamos avaliando diferentes opções estratégicas; não há nenhuma decisão tomada até o momento, mas será decidida ao longo do ano”,…
Image

Grupo Bahamas anuncia construção da sua segunda loja em Ituiutaba (MG)

“Estamos muito felizes em expandir nossa presença nessa cidade que tem um grande potencial de crescimento e que nos acolheu…
Image

SP: Sonda reinaugura loja no Boavista Shopping

Novo conceito empregado no estabelecimento proporciona maior experiência de compra, tornando-a mais confortável e agradável Seguindo com seu plano de…
Image

Páscoa: Lacta reforça portfólio para presentear com caixa de variedades comemorativa

Favoritos, Sonho de Valsa e Ouro Branco ganham edições especiais, com frases que expressam sentimentos Presentear é um dos atos…