<< Voltar pra Home

Lojas



Consumo nos lares brasileiros se mantém positivo no acumulado de 2021

12 de novembro de 2021
 - 
16:14
 - 
Bruno Marcon
Featured image for “Consumo nos lares brasileiros se mantém positivo no acumulado de 2021”

ABRAS anuncia alta de 3,13% no ano; consumo recua em setembro

O Consumo das Famílias Brasileiras se manteve positivo em 3,13% no acumulado do ano segundo levantamento da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). O anúncio, feito na manhã desta sexta-feira (12) apontou, porém, queda de 0,49% em setembro na comparação com agosto. Na relação com setembro de 2020, também houve recuo de 1,13%.

De acordo com a associação, o resultado de setembro reflete a inflação, que acumula em 12 meses alta de 10,25%, a taxa do câmbio que encarece insumos para produção e para criação de animais, além de fatores climáticos sazonais.

Para a ABRAS, as medidas socioeconômicas por meio de programas sociais de transferência de renda e de manutenção do emprego adotadas pelo governo federal favoreceram o resultado positivo até setembro. 

Apesar do registro de baixa no consumo de agosto para setembro, o setor se mantém otimista. “A aproximação do fim do ano traz possibilidades vantajosas para os consumidores, em função de importantes temporadas de vendas, como a Black Friday e o Natal”, disse Marcio Milan, vice-presidente da ABRAS, que ressaltou ainda o compromisso do setor supermercadista em negociar com fornecedores melhores condições para o consumidor.  ‘Essa é a hora de pesquisar, ficar atento às ofertas, promoções e programas de fidelização que ofereçam descontos ainda maiores, ou seja, agora é a hora de praticar os 2 ‘ps’: pesquisar e pechinchar.” disse Milan.   

Cesta Abrasmercado

Em setembro, a Cesta Abrasmercado registrou alta de 1,37% em relação a agosto. No comparativo com setembro do ano passado, o crescimento foi de 18,84%.  O conjunto de itens atingiu o valor de R$ 684,99.  A cesta é composta por 35  produtos de largo consumo nos supermercados e inclui alimentos (inclusive cerveja e refrigerante), higiene  & beleza e limpeza doméstica.

Café torrado e moído, açúcar e o biscoito cream cracker registram as maiores altas no acumulado do ano com aumento de 33,85%, 30,33% e 24,54%, respectivamente. Margarina cremosa (23,45%),  ovo (22,53%) e frango congelado (21,26%) também figuram na lista dos produtos que mais subiram no ano.  As maiores quedas foram registradas nos preços da batata (-28,87%), cebola (-19,67%) e arroz (-14,52%).

Na divisão por regiões, o Sudeste do país reportou o maior avanço na Cesta Abrasmercado na variação entre agosto e setembro deste ano com alta de 2,0 um9%. Em seguida, vieram as regiões do Centro-Oeste (2,05%), o Norte (1,76%) e o Sul (0,96%). O Nordeste apresentou queda na cesta, com recuo de 0,07%.


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

Levinho, o Toddynho da caixinha azul com menos açúcares e gorduras

Marca usa nova embalagem para colocar Toddynho Levinho na lembrança dos consumidores e reforçar seus diferenciais nutricionais Toddynho, marca tradicional…
Image

Supermercados Correia diminuem perdas e custos de tesouraria com cofre inteligente

“Trabalhamos com margens apertadas e todo ganho é fundamental”, declarou Vitorino Correa Neto, diretor da rede Em 2023, Vitorino Correa…
Image

Carteira digital CencoPay da Cencosud é lançada no Brasil

Ferramenta disponível para clientes Prezunic permite acúmulo de cashback e utilização do saldo para pagamento de compras na própria rede…
Image

Covabra Supermercados abre 15 vagas de emprego para loja de Limeira (SP)

As oportunidades abertas são para as duas unidades da cidade; currículos devem ser entregues na loja Jardim Aquarius A primeira…