Home SeçõesNegócios Como vender mais através das redes sociais

Como vender mais através das redes sociais

by Administrador SH
0 Comente

Tiktok e Instagram têm formatos próprios para instigar o cliente com produtos do seu supermercado

A mudança do Instagram na priorização de vídeos curtos como os do TikTok, gerou críticas entre usuários comuns, influenciadores e celebridades, mas de acordo com a Emplifi, os Reels estão superando todos os outros conteúdos na plataforma

A Emplifi (antes conhecida como Socialbakers), plataforma líder em Social Marketing, Commerce e Care, divulgou um estudo sobre o recente desempenho dos Reels no Instagram, quantificando o impacto e o crescimento do formato de vídeo semelhante ao TikTok.

Uma análise aprofundada de dados com base em milhares de marcas globais revelou que os Reels se tornaram o tipo de postagem mais envolvente na plataforma.

“As preferências por cada conteúdo estão mudando, situação que provocou um aumento no consumo de vídeo nas plataformas de mídia social”, disse Zarnaz Arlia, diretora de marketing da Emplifi. “Para responder a essa mudança, o Instagram está no caminho certo priorizando o conteúdo do Reels. Ao usar seu algoritmo para veicular vídeos para públicos maiores, o Instagram está ajudando as marcas a expandir seu alcance e aumentar o engajamento”, afirmou a executiva.

A recente atualização do Instagram, que implementou mais Reels no feed, atraiu a reação de muitos, incluindo os influenciadores de celebridades mais populares da plataforma.

Frustrada com a falta de conteúdo fotográfico, Kim Kardashian postou um texto em sua conta do Instagram que dizia: “Faça do Instagram o Instagram novamente”.

A empresária foi uma das primeiras celebridades a aderir o movimento nostálgico iniciado pela usuária Tati Bruening, conhecida como Illumitati na plataforma. Outras personalidades, como Kylie Jenner, Gabriela Pugliesi e Kéfera Buchmann também apoiaram a causa.

Mas o CEO do Instagram, Adam Mosseri, confirmou que as pessoas estão compartilhando mais conteúdo de vídeo: “Se você observar o que as pessoas gostam, consomem e visualizam no Instagram, isso também está mudando cada vez mais para o vídeo ao longo do tempo, mesmo quando paramos de cobrar qualquer coisa”.

Os dados levantados pela Emplifi respaldam a resposta de Mosseri às críticas que o Instagram recebeu. Os estudos da Emplifi demonstram que, embora o engajamento geral no Instagram tenha diminuído no ano passado, o Reels superou todos os outros tipos de postagem desde o início de 2022, ganhando mais interações do que imagens, vídeos regulares e postagens em carrossel.

“Os números são claros – os usuários estão se envolvendo mais com o Reels do que qualquer outro formato de conteúdo no aplicativo, representando 20% do tempo que as pessoas passam no app de acordo com o Instagram”, disse Arlia. “As maiores marcas do mundo estão aproveitando isso a seu favor e dobrando o formato de vídeo.”

De acordo com o levantamento da Emplifi:

Quase 50% das marcas no Instagram publicaram pelo menos um Reel no segundo trimestre de 2022, um aumento significativo desde o ano passado, quando apenas 30% das marcas estavam postando conteúdo de Reels na rede.

A contagem mediana de interações nos Reels é quase 40% maior do que as postagens de vídeo tradicionais no Instagram.

Os Reels são especialmente populares entre as marcas esportivas. Mais de 60% das marcas já publicam Reels para aumentar o engajamento com os seguidores.

As cinco principais marcas com mais engajamento nos Reels incluem: Pleasing, Netflix, Tesla, Netflix Brasil e Lamborghini.

Embora muitas marcas estejam adicionando cada vez mais Reels à sua estratégia de mídia social, o formato de vídeo ainda constitui apenas uma minoria do conteúdo geral dessas empresas, representando aproximadamente 7,5% das postagens (excluindo Stories). A maioria das marcas ainda continua confiando em postagens estáticas, mesmo que obtenham uma menor quantidade de engajamento.

“A conclusão é que o conteúdo de vídeo curto veio para ficar”, disse Arlia, “para maximizar o alcance e o engajamento, as marcas não têm escolha a não ser investir em Reels”.

Leia Também

Sobre

SuperHiper é a publicação oficial do setor supermercadista, produzida pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) há 48 anos. É uma importante ferramenta utilizada pela entidade para compartilhar informações e conhecimento com todas as empresas do autosserviço nacional, prática totalmente alinhada à sua missão de representar e desenvolver os supermercados brasileiros.

Siga-nos

@2024 – SuperHiper. Todos os direitos reservados.