<< Voltar pra Home

Destaques



Código 2D leva precisão e praticidade para o consumidor no varejo

6 de julho de 2023
 - 
17:00
 - 
Redação SuperHiper
Featured image for “Código 2D leva precisão e praticidade para o consumidor no varejo”

Supermercados Savegnago é exemplo de utilização da tecnologia para transformar a experiência de compra nos seus pontos de venda

Permitir que o consumidor acesse informações detalhadas sobre determinado produto nas prateleiras do mercado por meio de um celular se tornou uma realidade possível com o uso do código 2D. Exemplo dessa tecnologia, o código bidimensional impresso nas embalagens é capaz de concentrar maior quantidade de dados do que o código de barras linear, o que proporciona à cadeia de abastecimento e ao consumidor mais qualidade e precisão das informações transmitidas.

Descrição gerada automaticamente

Da produção até a prateleira do mercado, com o uso do código 2D é possível aprofundar a experiência de compra para o consumidor, que passa a ter acesso a informações desde a origem do produto até a sua comercialização. Além de aprimorar a compra, a nova tecnologia possibilita monitoramento e rastreabilidade dos produtos.

Nesse sentido, com a utilização do código bidimensional, é possível gerar uma embalagem inteligente que vai além do rótulo e reúne diferentes informações sobre a produção, procedência de ingredientes, valor nutricional, transporte, armazenamento e até promoções e dados detalhados de produtos. Com a implantação e leitura do código 2D padrão GS1 Digital Link, o Savegnago pode ampliar a conexão com os clientes e aprimorar a experiência de consumo nos estabelecimentos.

“As etiquetas 2D nos dão a possibilidade de uma melhor comunicação com o consumidor, principalmente pela precisão das informações e a facilidade de leitura”, explica José Roberto Borsoni, vice-presidente administrativo e financeiro da Savegnago. Assim, com a leitura de um QR Code, é possível bloquear automaticamente a venda de produtos vencidos, minimizar perdas e coibir desperdícios.

Quanto maior a quantidade de mercadorias, maior também é o número de informações a serem produzidas, trabalhadas e distribuídas. Nesse sentido, desde a área de controle de estoque até o caixa automático no ponto de venda são beneficiados pela capacidade e praticidade da leitura do código 2D. “A busca pela inovação está no nosso dia a dia. Cada vez mais queremos ter mais informação no nosso trabalho, desde a área comercial até a operacional das lojas”, afirma o presidente executivo do Savegnago, Chalim Savegnago.

Essa relação tem influência direta com o aumento da segurança para os clientes na hora de adquirir um produto, que pode ser rastreado de ponta a ponta; e também da empresa, que promove a agilidade nas atividades e reduz erros operacionais. “Muita gente pensa que a inovação está atrelada apenas à tecnologia, mas na verdade ela vem de todas as necessidades de cada colaborador e de cada processo dentro de uma empresa”, comenta Borsoni.


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

Spani Atacadista celebra 21 anos e projeta faturar R$ 4,5 bi em 2024

Bandeira do Grupo Zaragoza, rede é referência no segmento de Cash & Carry Bandeira pertencente ao Grupo Zaragoza, o Spani…
Image

RS: Grupo Imec anuncia compra de lojas do Carrefour Brasil

Primeiras unidades da empresa no litoral gaúcho, elas serão operadas com a bandeira Desco Atacado O Grupo Imec adquiriu duas…
Image

Grupo Muffato lança sexto empreendimento em Ponta Grossa, Paraná

Novo Max Atacadista será o terceiro atacarejo da rede na cidade O Grupo Muffato anunciou o lançamento de mais um…
Image

Grupo Amigão abre vagas em feira de empregabilidade de Sarandi (PR)

Interessados deverão levar carteira de trabalho, documento de identificação e currículo atualizado O Amigão Supermercados e o Stock Atacadista, pertencentes…