<< Voltar pra Home

Destaques



Amazon revitaliza operação de supermercados

3 de agosto de 2023
 - 
20:02
 - 
Redação SuperHiper
Featured image for “Amazon revitaliza operação de supermercados”

Movimento da varejista é o mais importante desde a aquisição da rede Whole Foods, há seis anos

Por Renato Muller

A Amazon anunciou nesta semana a maior reestruturação de seu negócio de supermercados desde a aquisição da Whole Foods há seis anos. A partir da revitalização de lojas físicas, aceleração do movimento de automação dos Centros de Distribuição e pelo início da oferta de entrega de pedidos online de alimentos frescos para clientes não-membros do programa Prime, a empresa quer se tornar mais competitiva no mercado americano.

De acordo com dados da UBS, o varejo supermercadista dos EUA movimenta US$ 1,5 trilhão ao ano – e a Amazon, hoje com um market share de 4,4% no setor, quer uma fatia cada vez maior desse bolo. Para isso, a empresa trouxe executivos de varejo, como Tony Hoggett (ex-diretor da britânica Tesco) para gerenciar a operação de supermercados.

O objetivo maior da Amazon é deixar de ser uma empresa de nicho, focada em itens orgânicos e na entrega de pedidos de itens simples (como cereais e papel toalha), para se tornar um destino para clientes que querem aproveitar melhor seu orçamento e evitar múltiplas visitas às lojas. “Queremos construir um relacionamento realmente forte com nossos clientes ao longo do tempo”, afirma Hoggett.

Desde o início deste mês de agosto, a Amazon passou a oferecer entregas online de alimentos frescos em sua bandeira Amazon Fresh para clientes não-membros do programa Prime em mais de 10 regiões metropolitanas dos EUA (mas pagando um valor US$ 4 mais alto que os membros Prime). A ideia é que, até o final do ano, essa modalidade esteja disponível em todo o país e, mais adiante, inclua produtos da Whole Foods e de outros supermercadistas presentes no marketplace da Amazon.com.

Outra medida importante da empresa é o plano de permitir que os clientes façam suas compras online de forma integrada nas várias marcas de supermercados da empresa (Whole Foods, Amazon Fresh, Amazon.com). Os clientes da varejista há tempos têm mostrado insatisfação com a necessidade de fazer compras em três sites (com três entregas em momentos diferentes) para completar suas cestas de compras – o que agora será possível.

O próximo passo é simplificar o processo de entrega elevando a integração das bandeiras no backoffice – estocando itens da Whole Foods em Centros de Distribuição da Amazon, por exemplo. “Essa é uma oportunidade de melhoria operacional e da experiência de compra de nossos clientes”, afirma Hoggett.


Compartilhar:
Image

Últimas Notícias



Image

Levinho, o Toddynho da caixinha azul com menos açúcares e gorduras

Marca usa nova embalagem para colocar Toddynho Levinho na lembrança dos consumidores e reforçar seus diferenciais nutricionais Toddynho, marca tradicional…
Image

Supermercados Correia diminuem perdas e custos de tesouraria com cofre inteligente

“Trabalhamos com margens apertadas e todo ganho é fundamental”, declarou Vitorino Correa Neto, diretor da rede Em 2023, Vitorino Correa…
Image

Carteira digital CencoPay da Cencosud é lançada no Brasil

Ferramenta disponível para clientes Prezunic permite acúmulo de cashback e utilização do saldo para pagamento de compras na própria rede…
Image

Covabra Supermercados abre 15 vagas de emprego para loja de Limeira (SP)

As oportunidades abertas são para as duas unidades da cidade; currículos devem ser entregues na loja Jardim Aquarius A primeira…